sim? sim!!!

Geraldine Georges
durante o passeio pela beira mar, com a loira mais fixe que conheço, percorremos vários temas. uns fúteis, outros profundos. uns para rir, outros para divagar. o tema que mais deu pano para mangas foi: o casamento!
recordei a altura em decidi, juntamente com o actual maridão, casar!
estava ele a deixar-me em casa dos meus pais e, como costume, estavamos há um boa meia hora a conversar, depois de termos estado num café umas boas 3 horas... a conversar.
e diz ele:
-isto não faz sentido, pois não?
-isto o quê?
-só te ver ao fim do dia e ter de interromper a conversa porque temos de regressar a casa
-não faz sentido.
passados uns meses, numa viagem à linda ilha da Madeira, enquanto no teleférico sobrevoavamos o Funchal ele retoma o assunto:
-vamos casar?
-vamos!
-pró ano?
-pode ser!
-espera deixa-me fazer isto direito
(do bolso tira uma bolsinha... lá dentro, o mais bonito anel de noivado: o meu)
-sim?
-sim!!!
e passamos o resto das férias a chamarmos noivo/noiva um ao outro.
as simple as that
e agora vou-me deitar para a noite passar rápido *não é pressa para ir ás urnas*
é que ele está a sobrevoar o Atlântico e amanhã já o posso encher de beijos!
estou cheia de saudades... e quando fico assim, recordo-me das histórias mais lamechas da minha vida...

5 comentários

  1. Que bonito pedido de casamento! aiiiiii

    ResponderEliminar
  2. Parece-me um lindo momento digno de recordar! E partilhar também... que a gente gosta é de grandes histórias de amor! ;)

    ResponderEliminar
  3. ADOREI a forma como te pediu em casamento :)

    ResponderEliminar

Com tecnologia do Blogger.