x

Avô

O meu avô nasceu em 1926.
O que mais gosto é de conversar com ele.
Não me lembro de brincar comigo, lembro-me da presença calma dele.
Tenho a noção de que a partir do momento em que me predispus a ouvir o que ele tem para contar, nunca mais parei, quis sempre saber mais, ouvir histórias
da infância dele,
da época do outro senhor,
da inauguração do estádio das Antas a que assistiu numa bancada de madeira
(dos jogos contra os vermelhuscos a que ele assistia e que não terminavam enquanto a dita equipa não estivesse com vantagem mas isso não interessa nada)
dos poucos transportes para o Porto
e das distâncias que fazia a pé.

e conversei com ele sobre a universidade
e partilho com ele os trabalhos no gabinete
e mostrei-lhe o Google maps e deixei-o emocionado ao sobrevoar Bagdad, Pequim, Brasília
e fico orgulhosa por lhe ter dado uma bisneta.

e mal posso esperar pelo serão de hoje
para lhe dar um abraço apertado
e um beijo repenicado
e ao olhar para ele ver os olhos molhados
ao dizer-me "obrigado nina"
parabéns avô.

3 comentários:

  1. e da minha parte um beijinho grande para ele! Eles devem ser mesmo muito especiais! :)

    ResponderEliminar
  2. :) Fiquei com saudades dos meus avós...

    Muitos parabéns ao teu avô!

    Kiss kiss

    ResponderEliminar
  3. Parabens ao Avo da nina
    eu lembro-me perfeitamente dele assim como das tuas duas avos
    bjinhosss

    ResponderEliminar

Com tecnologia do Blogger.
Design + development by MunichParis Design