Do estirador para o fogão

troquei os pincéis pelas panelas
cortei uma abóbora fresquinha e caseirinha
açúcar, canela e raspa de laranja
e era a mais pequena a gritar
"bolo!!! é bolo mamã!!... bolo é bom!"
e o mais crescido à espera do resultado final.
depois de a deitar cheguei à sala com este tabuleiro
...o doce de abóbora ainda estava morno.
uma delícia.

10 comentários

  1. dasse! vais engordar lllllllllllooooooolllllllllllll

    e isso de fazer raiva ao cortar as unhas não se faz!

    ResponderEliminar
  2. doces feitos com amor não engordam.

    quantos às unhas, é mesmo verdade gaja, ela apenas teve uma fase em que não gostava de cortar as dos pés. mas fora isso foi sempre na boa. ainda por cima, umas mãos do tamanho das da minha sobrinha, é segurar e cortar... eu faço isso! lol

    ResponderEliminar
  3. Agora fiquei com vontade de ir comprar uma abóbora e uma chila (gila) para fazer doces durante o fim de semana... hmmm...

    ResponderEliminar
  4. Huuuum que eu também quero... que delícia :)
    Um doce cheiinho de amor...

    ResponderEliminar
  5. HHAAAAMMMMMM
    Muito bom!!!
    Parabéns pela apresentação!!!

    Jocas

    ResponderEliminar
  6. Aspecto maravilhoso!

    Comemos mesmo com os olhos também :)

    ResponderEliminar
  7. Tem muito bom aspecto... ainda que eu não seja muito apreciadora deste tipo de doces!

    ResponderEliminar
  8. Maravilhoso!!
    E o aspecto melhor ainda.....
    Beijocas*

    ResponderEliminar
  9. Humm que delicia os olhos tambem comem e esta com um aspecto imagino o sabor :-)
    beijinhos

    ResponderEliminar
  10. Gosto muito de doce de abóbora.
    Delícia.
    Não queres deixar a receita que fizeste? :)

    ResponderEliminar

Com tecnologia do Blogger.