Gosto muito de ti, José



e por gostar tanto emocionei-me ao ver este trailer.
até porque a forma como ele fala e tudo o que diz
me lembra o meu avô materno, que me emprestou o primeiro livro,
e a quem sempre foi fácil dar uma prenda, bastava o último livro dele.
eu gosto tanto do meu avô.

“a sociedade actual ainda não se apercebeu que foi contemporânea de um génio” - Pilar
*adorei este post

5 comentários

  1. Chorei no dia da sua morte, como chorei no dia da morte dos meus avós...talvez por me identificar tanto com o que escrevia e com a sua personalidade o sentia quase como se fizesse parte da minha família. José, será sempre lembrado, mais do que um escritor genial como um ser humano especial.
    Mereceu este post! ;)

    ResponderEliminar
  2. já lhe dediquei outros posts;)
    que bom saber que tb gostas assim tanto, como eu:)
    beijo

    ResponderEliminar
  3. Fiz uma referencia a ti no meu blogue devido a este post! Espero que não te importes ;)
    BEijo

    ResponderEliminar
  4. Nunca me mostraram Saramago e, confesso, era uma das pessoas que o achava "inacessível e arrogante" sem sequer perceber porquê.

    Nos entretanto comecei a ler mais sobre ele, a ficar mais curiosa, a ter vontade de o descobrir (ou pelo menos dar-lhe uma oportunidade!). Na semana passada vi o José e Pilar. Hoje lembrei-me que já tinhas escrito sobre ele e procurei cá no blogue. Derrubou, efectivamente, muitos dos pressupostos não fundamentados, que eu tinha. Gostei tanto de o ver. Gostei daquele Saramago, daquela relação, daquela força de viver. É tão "simplesmente bonito".

    E por tudo isto, ando com uma vontade enorme de ler um livro dele. Há algum que tu aconselhes em especial?

    Beijinho*

    ResponderEliminar

Com tecnologia do Blogger.