Uma espectacular surpresa

acabei de ler "a máquina de fazer espanhóis" de Valter Hugo Mãe. adorei este livro. e o que me deixa ainda mais feliz é saber que já tenho mais um escritor português na minha lista de preferidos. apetece-me ler todos os livros dele e esperar por muitos e longos anos de novos lançamentos. emocionei-me (muito) com o final. ri sozinha, nas viagens de comboio em várias passagens do livro.
o próximo livro é o Livro e as expectativas estão altas, até porque sinto que para continuar a ser feliz, nas minhas leituras, basta ler tudo o que esteja relacionado com vencedores do Prémio Saramago.
apesar dos livros com paisagens "de por-de-sol" nas capas, que vejo nas prateleiras das livrarias, rotulados com o número de exemplares vendidos por todo o mundo e carimbados de "world best seller", os meus passos seguem sempre, calmamente, até à secção da literatura lusófona. e enquanto tiver, livro após livro, a certeza que não há emoção nem fascínio maior, que ler na minha língua, os outros podem esperar. o tempo que for preciso.

4 comentários

  1. Depois quero saber o que achaste deste livro... Ando curiosa com o Peixoto desde que o ouvi na Prova Oral do Alvim...

    ResponderEliminar
  2. quanto ao Peixoto não sei, mas o Valter está mais que recomendado.

    ResponderEliminar
  3. Gosto dos dois :)

    Tabém já tenho O livo em lista de espera.

    ResponderEliminar
  4. Estou a ler neste momento "a máquina de fazer espanhóis" mas ainda não acabei... é o meu primeiro livro do valter hugo mãe.

    O JLPeixoto já conheço melhor e O Livro já li, gostei muito... e deixei a minha opinião aqui:

    http://agre-e-doce.blogspot.com/2010/12/livro.html

    ResponderEliminar

Com tecnologia do Blogger.