x

a ler Kandinsky

acabei de ler o livro "Livro". gostei do início, adorei o fim mas confesso que, pelo meio, houve uma altura em achei estático... um pouco aborrecido até. mas fiquei curiosa em ler mais obras do José.
agora voltei a pegar num livro que já "fui lendo", por fazer parte da minha biblioteca há já alguns anos, e que agora pretendo começar e acabar, do princípio ao fim. foi escrito pelo fabuloso Kandinsky. foi escrito depois do conhecido "Do espiritual na Arte", que também espero ler um dia, para já pretendo virar-me para os livros que tenho em minha casa e na dos meus pais e que ainda não li... deve dar para me entreter durante uns... 5 ou 10 anos, e a custo zero!

7 comentários:

  1. Que coincidência! Também acabei ontem de ler "O Livro" :)
    Gostei muito, até não achei estático... acho que se lê muito bem, a forma como o José escreve é bem interessante. A segunda parte é desconcertante! Primeiro não percebi muito bem o que achava, mas confesso que no final fiquei rendida... :)
    Tenho que ler Valter Hugo Mãe, fiquei curiosa depois de ler o teu post.

    ResponderEliminar
  2. concordo. a segunda parte é fenomenal e gostei muito da escrita mas houve uma altura que me desliguei um bocadinho... mas podem ter sido factores externos ao livro.
    o final é fantástico.

    acho que vais gostar do Valter, ainda só li "A Máquina de Fazer Espanhóis" mas gostei muito.

    ResponderEliminar
  3. Gaja no meu primeiro ano defaculdade tivemos um trabalho sobre esse tema,e esse foi de leitura obrigatoria, e fez-me tambem lembrar uns trabalho da Prof. Manuela lol
    beijinhos

    ResponderEliminar
  4. Também estou assim... Numa de ver o que tenho por minha casa e na da minha sogra... Dá para uns bons meses... Agora também ando a trocar com colegas do coro... Assim dá para gastar noutras coisas*** :D

    ResponderEliminar
  5. A ler Kandinsky?! Só conheço (e aprecio muito) o Kandinsky pintor... :)

    Quanto ao Livro, também achei que o final foi mais desacelerado e menos empolgante que as primeiras linhas...

    http://agre-e-doce.blogspot.com/2010/12/livro.html

    Coincidentemente também li agora Valter Hugo Mãe, e apesar de ter adorado a " Máquina de fazer Espanhóis", acho mais bonita e despretensiosa a escrita de JLP.

    ResponderEliminar
  6. Dulce: Kandinsky só há um, esse pintor e mais nenhum;)
    ele teorizou bastante sobre Arte. infelizmente, nem todos os artistas o fazem, por isso, para mim, é sempre bom, conhecer um pouco mais do conceito e das teorias que suportam o objecto final, seja ele pintura, escultura, arquitectura...

    ResponderEliminar
  7. quanto aos gostos de leitura, confesso que me identifico mais e tenho muito mais prazer, no tipo de escrita do Valter Hugo Mãe.
    mas considero ambos fantásticos.

    ResponderEliminar

Com tecnologia do Blogger.
Design + development by MunichParis Design