O primeiro de muitos

A ida foi junto ao mar. Com uma marginal LINDA como esta, era difícil ser de outra maneira. Além disso, o sol, a luz, a ligeira brisa, tudo convidava a ter o mar como companheiro nos primeiros quilómetros de viagem. Depressa percebi que podia ter levado metade da roupa mas continuei confiante. Conforme avançava, só mais um bocadinho, pensava no chato que seria se o raio da corrente saltasse (maridão, pensei em ti) e que não era nada simpático que os cães ao final da rua, resolvessem desatar a correr, de nariz colado aos meus pedais. Tudo isso foram receios infundados. Felizmente.
Parei num café em cima das dunas. Saquei dos meus companheiros de viagem e desenhei a minha bicla, ali mesmo ao meu lado. Fui o mais rápida possível, apesar de ter passado por mim pouca gente, ainda não estou habituada a isto de "desenhar em público". Reparei que o conjunto de aguarelas não tem preto e que da próxima vez convém levar um pequeno recipiente para a água. Usar a tampa da garrafa para as aguarelas não é prático porque me obriga a ter de beber o conteúdo, antes de a voltar a fechar.
No total fiz uns míseros 12kms e o regresso foi pelas ruelas típicas da Granja e Aguda. Tem moradias lindíssimas e as ruas parecem ser abraçadas pelas árvores. A  deslizar pelas sombras, senti-me voltar à Primavera. 
Chego a casa satisfeita. Feliz por ter como companhia este meu Norte, feito de praias ventosas com dunas pintalgadas de verde. Aqui o tempo tem personalidade jurídica. :D
Se fosse crente nesses jogos da sorte, hoje apostava no Euromilhões. Como sou sovina, contento-me com os cinco euros que encontrei pelo caminho. 
E terminarei o dia feliz, no Dragão, a ver o meu FCPorto mostrar como se joga futebol. Allez!

13 comentários

  1. Grandes fotos! Estou com saudades de fazer esses passeios mas o peso já não deixa! LOL!

    ResponderEliminar
  2. Ah! E quanto às moradias da Granja...(suspiro)... quando for grande quero ter uma! :D

    ResponderEliminar
  3. foi mesmo Rita :) beijinho

    Filipa, e há tantas à venda... são mesmo todas fantásticas, mesmo as mais pequeninas.

    Numa próxima viagem falarei sobre as casas da zona :)

    ResponderEliminar
  4. Fotos lindas! Quando vejo as tuas fotos fico cheia de vontade de ir fazer uma visita para esses lados.

    ResponderEliminar
  5. Que belo passeio!
    Eu quando vou até ao Porto de comboio, tento ficar sempre à janela para me maravilhar com as casas da Aguda e Granja ;)

    ResponderEliminar
  6. A corrente aguentou e ainda por cima foste recompensada. Engraçado que cada vez que entro no teu blog, desde que colocaste a tua foto que tenho a impressão que te conheço. Deve ser enganado. Beijinhos

    ResponderEliminar
  7. Adorei o desenho da tua bicla :)
    Sem dúvida que estes momentos São maravilhosos..

    Aproveita muito.
    Baci*

    ResponderEliminar
  8. Ai gaja, o meu sorriso foi uma constante ao ler este post.
    Gosto de ti.
    beijos

    ResponderEliminar
  9. Oh Marta, continuo nas mesma com ideias, não está fácil dar o passo a seguir,
    a isso podes chamar qualidade de vida,
    adorei as fotos, o desenho da tua bicicleta,
    continua assim a mostrar esse lado desconhecido do"Porto",
    beijinho

    ResponderEliminar
  10. Nice!!!!
    Paraste para o café num local que costumo parar no verão, sempre que vou para a praia com os meus pais :D

    ResponderEliminar
  11. Pepper, e acho muito bem que penses numa visita :)

    Libelinha, tb fiz (e farei) essa viagem :D

    Brown Eyes, e se já nos conhecemos mesmo? pensa lá de onde será e diz qq coisa :)

    Ombemua, obrigada, beijinhos

    Uba, ris porque me imaginas com o medo dos cães LOL

    anf, boa. vai "aparecendo" e qq coisa "apita" ;)

    Candybabe, tem uns 3 seguidos nesta zona, este pareceu-me o mais "bike friendly" :)

    ResponderEliminar

Com tecnologia do Blogger.