x

Serra do Alvão

Com os dias planeados ao detalhe e segundo o ritmo das mudanças de tempo, voltamos às serras. Desta vez ao Alvão. Nos planos estavam rotas diferentes das já visitadas e uma tentativa de fuga ao já conhecido e famoso Alto da Senhora da Graça . E digo tentativa porque o monte perseguiu-nos praticamente o caminho todo.  Bastava uma curva e lá aparecia ele, ao longe, sempre destacado (procurem-no na primeira foto). Constante foi também o prazer de fazer parte de uma paisagem que nos ultrapassa, na escala e na beleza. Poder gritar que estou no topo do mundo e ao terminar a frase ser engolida por um silêncio só quebrado pelos assobios do vento. Uma passagem pelas incontornáveis Fisgas do Ermelo, uma particular formação geológica (visível na terceira foto) que tem como principal atractivo uma das maiores quedas de água da Península Ibérica. Todas as minhas tentativas para tirar uma foto onde realmente se percebesse a grandeza e sinuosidade do local saíram ao lado. Estava mais preocupada em não escorregar por ali abaixo...
Para quem ficar curioso, a Câmara de Mondim de Basto disponibliza este ficheiro, com uma sugestão de percurso.
Ao almoço, já em Vila Real, saboreamos umas típicas tripas aos molhos e terminamos com umas cristas de galo na Casa Lapão. Tudo delicioso, pessoas simpáticas e uma região lindíssima atravessada por mais um tapete de betão que agride a paisagem com viadutos brutais. E como se isso não fosse ainda suficiente, estão também inacabados e esquecidos, quando só faltava "um bocadinho assim". 
Há quem lhe chame austeridade. 
Eu chamo incompetência.


7 comentários:

  1. Candybabe, ias adorar aquelas tripas aos molhos ;)

    S*, deslumbrante ;)

    ResponderEliminar
  2. É impressionante... É mesmo como disseste, faltar por ali "a última pecinha de lego"! Incrível....

    ResponderEliminar
  3. De tirar o folego!
    Obrigada pela partilha.

    Baci*

    ResponderEliminar
  4. O que eu ia curtir esse passeis, visual e gastronomicamente falando. :)

    ResponderEliminar
  5. Cada vez que vejo as tuas fotos tenho vontade de 'subir ' por este país fora... o meu Algarve é o meu Algarve mas tenho tantas saudades do Norte...

    ResponderEliminar

Com tecnologia do Blogger.
Design + development by MunichParis Design