x

E depois do Natal?

Ainda com o cheiro a canela pelo ar e a sensação de ter comido demais no estômago, chega a altura das resoluções. O final do ano significa, para mim, um "tudo é possível" delicioso. O que de bom possamos ter perdido faz agora parte de nós. Estamos mais fortes. Não precisamos de ver para sentir porque o trazemos junto ao peito, em cada batida da máquina que nos faz mexer. Só entra no novo ano quem nos quer bem. Quem nos faz bem. O resto é supérfluo e é eliminado. Puf. Já foste. Hasta la vista, baby
E perante nós temos agora 365 dias prontos a usar. Maravilha. Este ano vou trincar o raio das passas (detesto) cheia de vontade. Em cada trinca um desejo. Doze não vão ser suficientes para cobrir tudo aquilo que povoa a minha mente. Às tantas vou precisar de ajuda para parar de as comer. As badaladas vão terminar e eu ainda vou ter a mão cheia de passas... e de sonhos. 
O Pai Natal deu-nos o essencial. Palavras e sons que vão abraçar este meu trio, em 2013, no tão desejado regresso às viagens de estrada, com o mapa riscado de notas e a Suíça como destino. Duas semanas ainda a alguns meses de distância mas já tão presentes nas conversas e planos para o ano que nunca mais chega. Que queremos abraçar, num xiiiiiiiiii-coração apertado.
Anda 2013, tira essa cara de mau que não nos assustas. Vamos dar-te a volta lutando com o que de melhor se produz cá por casa: mimo. Resmas de mimo em cima de ti. Let's go!

4 comentários:

  1. Como me contagia esse teu espirito positivo, de esperança! Estou contigo, let's go:) bj

    ResponderEliminar
  2. Gosto tanto de posts como este. :)
    Que 2013 te traga o que sonhas.
    Beijinhos

    ResponderEliminar
  3. That's the spirit! :)
    Que venha 2013! Esperança é a palavra do ano, para mim!

    ResponderEliminar

Com tecnologia do Blogger.
Design + development by MunichParis Design