x

Praia e paus


Eu não tenho problema nenhum em assumir que sou infantil. Gosto de estar rodeada de crianças e sou mais facilmente surpreendida com uma conversa entre elas do na maioria das conversas - de treta - dos adultos. Claro que há aqui um bocadinho de exagero nas minhas palavras mas achei necessário para exemplificar o meu ponto de vista.
O sol voltou e, ao abrir a janela, a pergunta inevitável: "Podemos ir para a praia?". Nem pensamos duas vezes, em poucos minutos já lá estávamos. O areal ainda tem cara de inverno e por isso trocamos a apanha das conchas por paus fantásticos que secavam ao sol. 
Imagino de onde terão vindo e quanto tempo terão andado pelo mar. Trouxe alguns para casa e ela também. E assim fomos até casa, carregadas de paus numa marginal domingueira, com senhoras de tacão e carteira no cotovelo. O nosso papá disse que tinha piada. Só não achou o mesmo quando lhe disse que um deles ia ser pintado e pendurado na parece da sala. Mas eu percebo-o, ele ainda não imagina o bonito que vai ficar.
Boa semana.

I have no problem in assuming that I'm childish. I like being surrounded by children and am surprised more easily with a conversation between them, then in most discussion between adults. Of course there is a bit of exaggeration in my words but I needed to exemplify my point of view. 
The sun has returned and, while opening the window, the inevitable question: "Can we go to the beach?". No need to think twice, within minutes we were already there. The beach still looks like winter so we exchanged  picking shells by picking the fantastic sticks that dried in the sun. 
I wonder where they come from and how long they wondered in the ocean. I brought some home and my daughter as well. And so we went home, loaded with sticks, in a sunday morning with sidewalks filled with ladies in heels and wallets on the elbow. My husband said we looked a lot of fun. He just didn't think the same when I told him that one of the sticks would be painted and hung on the wall of our living room. But I understand him, he still can not imagine how beautiful it will be. 
Have a good week.

10 comentários:

  1. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderEliminar
  2. Como te compreendo... eu muitas vezes também prefiro conversar com as crianças :P
    E adoro esses paus! Têm um potencial fantástico! :)
    Quero ver isso!

    ResponderEliminar
  3. Corre tudo à "paulada". :D
    Beijocas

    ResponderEliminar
  4. Eu fico sempre :D com os teus posts que envolvem a pequena...

    E agora vou ali escolher uma foto e já volto...

    xx

    ResponderEliminar
  5. esses paus prometem transformar-me em belas obras de arte:) depois mostra como ficou! bj!

    ResponderEliminar
  6. Ah! O mar devolve tanta coisa interessante :D
    Também já encontrei coisas bem giras no areal*

    ResponderEliminar
  7. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderEliminar
  8. Olá,

    Vi este apartamento e lembrei-me de ti. Diferente e divertido. Achei que ias achar interessante, no mínimo. Beijinhos

    http://www.desiretoinspire.net/blog/2013/3/27/the-rainbow-house.html

    (agora com o link)

    ResponderEliminar
  9. Analog, sim, um deles parece até já estar desenhado, é lindo, lindo.(é o de cima, na última imagem)

    Blue, hehe aqui diz-se não à violência :D

    Paula, e que fotos que tu me mandaste, de derreter!!!

    Rita, mostro claro, beijinhos

    Candybabe, é mesmo. beijoca

    Onisa, obrigada! aquela cama-sofá amarelo é SUPER divertida!

    ResponderEliminar
  10. Gosto tanto da praia no "Inverno" onde encontramos desses tesouros ;)

    ResponderEliminar

Com tecnologia do Blogger.
Design + development by MunichParis Design