O dia em que as plantas deixaram de morrer cá por casa.


Sim, isto está a acontecer aqui e agora, no meu pequeno jardim. Quem se lembra do pedaço de terra inicial e acompanhou o seu crescimento, com certeza consegue ver muitas diferenças. Lá por casa já se fez salada com os tomates cereja deliciosos. A Hortelã anda a aromatizar águas nos dias mais frescos e a perfumar a sopa da mais pequena, que adora ver a folhinha a boiar no caldo. Os girassóis, a flor mais bonita de todos os tempos, são os meus preferidos, e apesar de já me terem falado no bem que ficavam numa jarra, eu continuo a preferir vê-los no pátio, felizes a brincar com o sol, que eu e flores na jarra temos uma relação muito estranha... prefiro vê-las nos jardins. Coisas minhas. 
Depois do sucesso desta pequena plantação, onde em breve irei colher beringela, pimento e vagem (muita vagem), e principalmente ao ter ainda em casa um exemplar de flor de Natal que não murcha e até se regenera (loucura total), declaro fechada a época em que dizia que todas as plantas morrem lá em casa. Afinal, só precisam de atenção, como qualquer ser vivo, para se sentirem felizes.
Boa semana.

Yes, this is happening here and now, in my little garden. Who remembers the initial piece of land and followed its growth certainly can see many differences. We already had a delicious home made ​​salad with cherry-tomatoes. The mint is flavoring the water in the hot days and perfuming the soup of my daughter, who loves to see a little leaf floating in there. The sunflowers, the most beautiful flower of all time, are my favorites, and although someone already told me that they would look perfect in a jar, I still prefer to see them in the yard, happy, playing with the sun. Me and flowers in the jar we have a very strange relationship ... I'd rather see them alive in gardens.  
After the success of this small plantation, where I will soon reap eggplant, peppers and green beans (lots of them), and mainly because at home we still have a pot of Christmas flower that does not wither up and even regenerates (total madness), I declare the end of season for saying that all plants die at my home. After all, they just need attention, like any living being, to feel happy.
Have a nice week.

12 comentários

  1. É muito bom!!!!
    Por aqui a maior parte das coisas já deram, estou à espera dos tomate cereja :D

    ResponderEliminar
  2. Excelente! Na minha casa só posso cultivar na varanda, por isso que remédio tenho eu senão plantar girassóis num vaso, e adoraria vê-los num jardim... Talvez no futuro a coisa se dê. :)
    Agora também descobri que até consigo manter as plantas vivas, hei-de aventurar-me com mais experiências.

    ResponderEliminar
  3. Exactamente, as plantas necessitam de tt atenção, cuidado e amor como as pessoas. :)
    _Hum... Esse teu bolinho sorri para mim! :D

    ResponderEliminar
  4. Eu ainda só tenho catos e algumas ervas aromáticas. Estou mortinha para poder por floreiras na varanda (tenho daquelas varandas com estrutura só em ferro que não têm apoio, vamos ter que investir em acrílico transparente). Depois, quero cores e flores naquelas varandas (e também concordo, que os girassóis, são a flor mais bonita de todos os tempo!)

    ResponderEliminar
  5. Gaja esse girassol e' das sementes do meu casorio??
    que bela colheita, um dia talves de uma terceira oportunidade a minha veia agricula, este ano teintei uma segunda vez e nada de nada...
    beijicas boa semana

    ResponderEliminar
  6. Candybabe, os tomates cherry foram um verdadeiro sucesso, tive pena de ter plantado tão pouco.

    Analog, eu gosto de flores em vasos tb, só não gosto de as cortar e por em jarras, entendes?;)

    Blue, quando coloquei o bolo na mesa, comemos metade... assim, num ápice!

    Vera, sim, é tão giro ter flores na varanda.

    Miss America, não gaja, estes não são das tuas sementes. Tentei com essas mas acho que não me dediquei tanto, na altura e acabaram por morrer... estes estão lindos e grandes!!! BEIJOS MEUS

    ResponderEliminar
  7. Art aqui flores e vegetais há bastantes e vivos mas, a flor de Natal essa pouco tempo dura depois do Natal. Como a tratas e que tipo de luz e temperatura ela tem todo o ano? Adoro essa flor e fico tristíssima quando morre. Beijinhos

    ResponderEliminar
  8. Mary Brown, comprei esta na feira semanal e achei que talvez nem chegasse ao Dia de Natal. Não tínhamos aspecto muito perfeitinho. Tenho-a num móvel junto a uma janela virada a Sul. Essa janela raramente fecho (o estore) por isso tem sempre muita luz e é um local quente. Rego talvez de 4 em 4 dis, para não dizer semanalmente e deito pouca água. Li algures que era uma planta de clima quente... E está a aguentar bem. Não tem aquela flor grande mas cresceu um ramo novo, que espero que desenvolva em flor... O resto está verde.
    No Natal farei novo balanço, se não fizer antes.
    Boa sorte!!!

    ResponderEliminar
  9. que maravilha! quem me dera ter um jardim para poder cultivar as minhas coisas....

    ResponderEliminar
  10. Flores de Natal só ficam vermelhinhas no Natal mesmo :) A da minha mãe está plantada no jardim, na rua... mas aqui o tempo é quentinho...

    ResponderEliminar
  11. Ah Sim, percebo-te. Tenho "mixed feelings" (haverá uma boa expressão portuguesa correspondente?), porque até acho piada a arranjos florais. Enfim, vou-me animando com as cores que ando a conquistar para a minha varanda... :)
    Next stop: ervas aromáticas.

    ResponderEliminar
  12. Eu também adoro Girassóis e sou como tu, não gosto de ver flores em jarras. Prefiro tê-las num vaso ou no jardim e... Ai de quem me ofereça ramos de flores, fico logo chateada e a passar sermão, lol. Que as flores não têm culpa nenhuma daquela época festiva para serem sacrificadas :P

    ResponderEliminar

Com tecnologia do Blogger.