x

Vou-vos contar uma coisa /// I'll tell you something

image source
O que vos vou contar poderá ser considerado da esfera privada mas eu vejo antes como um cena perfeita para um episódio de uma série bem humorada, sobre as banalidades da vida de um casal. 
Por acaso esse casal somos nós.
Depois de jantar, quando a mais pequena já sonha com a montanha russa do terreno lá da escola, durante uma hora em que consigo não me deixar vencer pelo sono, e sempre que eu sou dona do comando lá em casa, os meus dedos só digitam três canais: a Sic Mulher, o E! e a Fox life. 
Ele relembra-me constantemente o óbvio: o que estou a ver é fútil. 
Mas eu já sei como se pescam os caranguejos no Alasca, eu não quero saber porque caem os aviões e só me interessa saber o resultado dos jogos do F.C.Porto, por isso todas as escolhas dele caem por terra.
Posto isto, quando já não tenho pachorra para as Kardashians e já não está a dar a "Modern Family" gosto de ver o Masterchef Australiano, enquanto isso ele comenta  "lá estás tu a ver os cozinheiros da Australia".
Como já é sabido por aqui, a maioria do frigorífico cá de casa é recheado por produtos provenientes dos campos da família. Isso inclui animais (a conversa sobre não comer carne fica para outro dia). Também poderão saber que o frango caseiro tem tendência a ser mais duro que o de aviário. Depois de comprovar isso mesmo, e tendo ainda metade de um frango cozido para despachar, lembrei-me de um episódio do Masterchef. Nesse episódio, um chef de um restaurante de estrelas Michelin, tirou as peles de chocos, ralou-os, enfiou-os num saco plástico, cozeu-os e transformou-os numa espécie de folha branca lindíssima e, pelos comentários, muito saborosa. 
Eu vesti o avental (não costumo usar) imaginei-me com sotaque australiano, ralei o frango com as minhas especiarias favoritas, cebola e alguns cogumelos, adicionei ovo e pão ralado, nem ponta de sal, e fiz umas almôndegas de frango divinais. No final, enquanto ele lambia os dedos e rapava o prato, perguntou como tive esta ideia tão deliciosa. "Aprendi a ser criativa com os cozinheiros Australianos". 
E agora tenho paz, a não ser que esteja a ver as Kardashians. 
Mas neste caso eu dou-lhe razão.

What I will tell you can be considered private but I see it rather as a perfect scene for an episode of a comedy tvshow, about the daily life of a couple. Except we are that couple.
After dinner, while our daughter is asleep, and during one hour where I manage not to fall asleep, if I'm the owner of TV command at home, my fingers just type in three channels : the Sic Mulher, E! and Fox life. He reminds me constantly the obvious : what I see is futile. But I already know how to fish crabs in Alaska , I do not want to know why the planes fall and I only want to know the outcome of FC Porto games, so all of his choices fall flat .That said, when I don't feel like watching the Kardashians and "Modern Family" has finished, I like to see the Australian Masterchef , while he says "there you are watching the cooks in Australia ."As you know by now, most of our home refrigerator is stuffed with products from our family's fields . This includes animals ( I'll talk about not eating meat another day). You may also know that the homemade chicken tends to be harder than aviary. After proving this right, and having half a chicken boiled to dispatch, I remembered an episode of Masterchef. In this episode, a chef from a Michelin star restaurant, took the skins of cuttlefish, scraped them , put them in a plastic bag , boiled them and turned them into a beautiful white sheet, also very tasty .I wore the apron (usually I don't) I imagined myself with an Australian accent, scraped the chicken with my favorite spices, onion and some mushrooms, added egg and breadcrumbs, no salt, and made ​​some heavenly chicken meatballs. In the end, as he licked his fingers and shaved the dish, he wondered how I had this delicious idea. " I learned to be creative with the Australian cooks ."And now I have peace, unless I'm watching the Kardashians .But in this case I know he's right.

11 comentários:

  1. O meu marido diz sempre isso, mas depois adora quando invento na cozinha!O Master Chef é uma inspiração.

    ResponderEliminar
  2. Também gosto de ver esses programas de culinária porque adoro comer e adoro cozinhar. Já reproduzi algumas receitas, à minha maneira claro, e foram boas apostas! hehehe
    O que seria deles sem nós! LOL
    beijocas

    ResponderEliminar
  3. ahaha, parecia que estavas a falar de mim, tb ando sempre a ver esses programas, e ele claro, a reclamar:) bj!

    ResponderEliminar
  4. Juro que estou a fazer um "pressing" no Breaking Bad, desculpa pelas futilidades!

    ResponderEliminar
  5. Já o meu mais que td papa ou masterchefs e hell kitchens tds cmg... maravilha!!!

    ResponderEliminar
  6. Também vi esse programa e fiquei fascinada :D

    ResponderEliminar
  7. Pois é Francisca!

    Blue, por acaso o meu desenrasca-se bem sem mim mas claro que eu é que sou a chef lá de casa :D

    Rita G, deve ser comum à maioria da espécie ;) um grande beijo para vocês. saudades tuas.

    Vitor, hahaha eu demorei muito a começar a série e agora "perdi a vez" :D é saudável ter uns momentos fúteis por dia

    Magda, ena pá! :)

    Ana Melo, surpreendente, não foi? Pena nós não podermos provar :)

    ResponderEliminar
  8. Os programas escolhidos por ele são iguais aos aqui de casa... o que me ri... eu ando mais afastada da FoxLife e mais AXN e Fox... ai as séries que me roubam o tempo de leitura... tenho de fazer uma 'detox' :)

    ResponderEliminar
  9. Paula, o meu irmão compra as melhores séries em DVD e depois em vejo-as de uma vez só. Só o Modern Family vou acompanhando na TV ( só me chateia as vezes que repetem os episódios) Tento ler um bocadinho quando me deito nos lençóis, nem que seja apenas 5 páginas, grão a grão, lê a Marta o livro :)

    ResponderEliminar

Com tecnologia do Blogger.
Design + development by MunichParis Design