Museu do Papel ::: Paper Museum


Com a continuação de previsões de chuva e nossa já característica vontade de sair de casa, voltamos à prática, e sempre interessante, solução de visitar um museu com ela. Temos uma série deles em lista de espera por isso podem contar com vários posts deste tipo nos próximos tempos. Principalmente enquanto a chuva continua a insistir em ficar por cá e a achar, imagino eu, que nos pode estragar os planos.
Deste vez visitamos o Museu do Papel, no concelho de Santa Maria da Feira, cujo espaço integra duas antigas fábricas de papel. Todas as visitas ao Museu são guiadas, o que pressupões algum planeamento para que, especialmente com crianças, não tenhamos de aguardar demasiado tempo pela entrada. 
A visita começa com um filme sobre todo o processo de fabrico de papel numa antiga fábrica do concelho que entretanto fechou. Impressionante assistir ao trabalho dos apenas três funcionários. Depois disso iniciamos a visita aos dois edifícios que integram o espaço museológico (as tais antigas fábricas de papel). Passamos por todas os espaços, máquinas e utensílios que fazem parte do processo de fabrico de papel, todo ele associado à roda hidráulica que é alimentada por um curso de água do qual dependia toda a produção da fábrica.  A certa altura podemos mesmo fazer uma folha de papel, com a marca de água do Museu, para o delírio dos mais pequenos. Apesar de ser um Museu relativamente pequeno, é muito interessante. A visita durou uma hora que passou a voar, muito devido à simpatia e discurso fluído e interessante da nossa guia.
Eu fiquei fascinada com o que vi e com muita vontade de trabalhar aquele papel. Aliás... tenho planos para o usar num futuro próximo. Mas isso é assunto para outro post.

MUSEU DO PAPEL
visitas guiadas: 
3ª a 6ª 
10h00/11h00/15h00/16h00
sábado e domingo
15h00/16h00
encerra à 2ªfeira


With continuing forecasts of rain and our continuing will to leave the house, we decided to visit another museum with our daughter. In fact, we have several of them on the waiting list so you can expect a number of posts like this in the near future. Especially as the rain continues insisting to stick around and maybe, I imagine, ruin our plans. No way.This time we visited the Museum of Paper, in the municipality of Santa Maria da Feira, whose space includes two ancient paper mills. All visits to the Museum are guided, which presupposes some planning so that, especially with children, you do not have to wait too long for the entrance.The visit begins with a film about the process of making paper in a former factory which is already closed. It was awesome to watch the work of just three employees. After that we started visiting the two buildings that area part of the museum space (the old paper mills). We passed through all spaces, machinery and equipment that were part of the papermaking process, all of it associated to an hydraulic wheel fed by a stream which the whole factory production depended on. At one point we even make a sheet of paper with the watermark of the Museum, to the delight of the little ones. Despite being a relatively small museum it is very interesting. The visit lasted an hour that just flew by, due to sympathy and very fluid and interesting speech of our guide.I was fascinated by what I saw and I'm eager to work that paper. In fact, I plan to use it in the near future. But that will be subject of another post.

2 comentários

  1. Excelente programa familiar! Para além do que já disfruta actualmente, um dia a vossa princesa vai agradecer-vos por estes hábitos culturais! ;)

    Desconhecia a existência deste museu... Mas deixo aqui alguns espaços similares que recomendo: museu do brinquedo em Ponte de Lima, museu do sabão em Portalegre, centro de interpretação da batalha de Aljubarrota (localizado no concelho de Porto de Mós - porém, se forem até lá não deixem de passar em Alcobaça, a minha cidade, e visitar o parque dos monges, além de todos os outros obrigatórios, Mosteiro, etc etc) :)

    ResponderEliminar

Com tecnologia do Blogger.