Anda tudo a babar pela minha comida...

  imagens do meu Instagram

É mesmo a sensação que tenho, modéstia à parte.
Suspeito que o facto de ser dona de um telemóvel que não desfoca a imagem também ajuda mas adiante. Depois de praticamente duas décadas a almoçar pelas ruas do Porto, onde se come magnificamente bem por meia dúzia de tostões (verdade), confesso que esta coisa do almoçar em casa é um dos pontos mais que perfeitos de trabalhar em casa. É verdade que no início foi preciso alguma ginástica mas sinto-me cada vez mais a dominar a gestão do tempo e multiplicar de tarefas que acontece todos os dias. Nunca fui grande adepta de fast-food e confesso-vos que gosto de ir comer fora para estar com amigos, para conhecer um local novo ou para ir de encontro ao marido e colocar a inesgotável conversa em dia, durante um almoço na Invicta mas não vejo o comer fora como situação de recurso. Exemplo. "É tarde, não planeei o jantar, ai, ai, ai...". Relax. Sopa anda sempre lá por casa e rapidamente se coze uma massa e se atira coisas para dentro do wok. Mil vezes mais rápido que ir a qualquer lado, escolher, esperar e voltar para casa. E acima de tudo, milhões de vezes mais delicioso.
E perguntam vocês. Então e a tua filha come isto tudo? Não, a minha filha ainda resiste a alguns ingredientes e não me choca nada. Sei que nem tudo é "amor à primeira trinca" e acho que ela pode não gostar de (por exemplo) cogumelos agora mas vai vê-los tantas vezes lá por casa que, eventualmente, os vai começar a comer. Foi o que aconteceu com a alface. Hoje em dia, devora muito mais depressa um prato cheio de salada do que batata ou arroz. E isso deixa-me feliz. 
E vocês? O que têm andado a comer?

8 comentários

  1. Sou das que faço as minhas refeições em casa, e sim pode ser muito mais rápido que qualquer fast food, então quando existe o privilégio de ter produtos da nossa horta é indescritível o sabor.
    Também cozinho a minha própria ganola, não sigo uma receita, vou fazendo experiências. Neste momento o que sai mais lá em casa é o guacamole a minha versão é abacate esmagado, tomate cherry aos pedaços, pepino aos cubos sem sementes, sumo de limão, um fio de azeite, sal, pimenta, coentros picados grosseiramente, acompanha peixe, carne ou simplesmente barrar no pão para fazer uma sandwich, a minha filha rapa a taça :)

    ResponderEliminar
  2. Dudu, és cá das minhas! A minha granola também é "minha". Li uma série de receitas mas acabei por aperfeiçoar uma fórmula que me agrada (até pk dispenso os frutos secos) e quanto ao guacamole: ADORO!
    E o abacate é um SUPER alimento ;)

    ResponderEliminar
  3. Olá!! Sou "das vossas", vamos fundar a associação da "love food". Também faço a granola e vou variando a receita com o que tenho à mão. Sopa, sempre! E pastas/pizzas/cogumelos recheados... uma delícia, tudo caseiro.

    Pessoalmente não acredito muito em receitas fixas, sou mais do improviso e do toque pessoal.

    ResponderEliminar
  4. Que bom aspecto! :) Eu tenho saudades de cozinhar estas coisas boas. Acho que por semana so tenho feito... 2 refeições boas em casa! Mas mesmo assim, adoro estas invenções. Gosto de no Verão, quando não há sobras de jantar, pegar em latas de milho + atum + tomate ou qq coisa que me venha à mão + uma tortilha/wrap e tenho uma sande/salada toda catita para o almoço.

    ResponderEliminar
  5. Eu gosto de cozinhar e cozinho todos os dias. Penso sempre o que será o jantar, já que é a nossa refeição familiar. Faço tudo e mais alguma coisa, consoante a disponibilidade, a vontade e o desejo também. Assados, grelhados (que agora sabem ainda melhor), os refogados que tanto amo. Faço arroz frito; faço massas (cozinha em água ou no molho no estufado); faço puré; faço legumes ao vapor... Também faço pizzas, quiches, lasanhas (muitas das vezes com sobras de carne).Sopa existe sempre. Canja de vez em quando para surpreender o mais pequenino com a massa de letras.
    Depois a fruta é rainha no que toca a sobremesa. Por cá escolhemos as laranjas, as cerejas e agora começam a aparecer os figos, já nos deliciamos com a melancia...
    É uma boa mesa portuguesa, com certeza! :D
    Orgulho-me, sem modéstia, em dizer que na minha casa se come muito bem! <3

    ResponderEliminar
  6. Peca, é uma ideia bem gira!!! Eu cá também improviso muito mas gosto de ler como se faz determinada receita antes de dar o meu toque pessoal. E por isso adoro ver o "15minutes with Jamie" porque me identifico. Beijoca

    Vera, cada vez mais sou adepta do simples e delicioso. E as ervas aromáticas sao presença constante para dar logo um sabor diferente e espectacular. Beijo

    Blue, tu nem me fales em fruta, há aos quilos cá em casa e a maioria é apanhada nas arvores da família. Há sempre no final da refeição e como saco apólogo do dia. Adoro, adoro. O importante é cozinharmos o que gostamos e que nos dá prazer. Aqui os grelhados e salteados dominam por completo a nossa mesa. O resto é de vez em quando. Beijoca

    ResponderEliminar
  7. Queria dizer que como um saco ao longo do dia... Esta cena da escrita inteligente...

    ResponderEliminar

  8. Visitando seu blog, fiquei com uma fome.......Parabéns!!!!
    Visite o meu: www.artsandra-artsandra.blogspot.com

    ResponderEliminar

Com tecnologia do Blogger.