Por entre paisagens verdes e pessoas genuínas


Sempre que nos apetece passar um dia diferente, festejar uma data especial ou fazer de conta que estamos nas férias grandes e longe de tudo e de todos, fugimos para o interior do País. Por mais estradas que tenhamos percorrido, há sempre uma paisagem de serra que ainda não tenhamos fotografado ou uma aldeia desconhecida à nossa espera. Nessas aldeias, os produtos gourmet não têm rótulos de produtos gourmet. Só o sabor. Um sabor genuíno, caseiro e absolutamente delicioso. Na maioria das vezes, da janela do local onde são vendidos, podemos ver o campo de onde o produto foi colhido. Os animais que por lá passeiam servem de alimento a pessoas que não sabem o que são as sementes chia da Guatemala e vivem, alegre e saudavelmente, uma vida longa e simples, que se faz caminhando, dia após dia, pelas mesmas estradas de terra batida. Os pastores, fazem meditação rodeados de paisagens silenciosas e deslumbrantes. Quando passo por eles sinto essa paz. Gosto de os cumprimentar e receber de volta um "bom dia" sincero e sem pressa.
Em sítios como este, lembro-me de uma frase dita pelo arquitecto Frank Lloyd Wright:

"I believe in God, only I spell it NATURE"

Tenham um excelente fim de semana.

2 comentários

  1. Esse sr. arquitecto sabia! ;)
    Adoro esses passeios.
    Bom fim-de-semana, gente linda.
    Beijos <3

    ResponderEliminar

Com tecnologia do Blogger.