x

Sete no dia Sete

Muitas pessoas me dizem que a melhor fase já passou.
Tantas pessoas me dizem que "a partir de agora é diferente".
Respondo com silêncio enquanto mudo de assunto. Não sabem do que falam.

Desde o dia em que a minha filha nasceu que cada novo dia é melhor que o anterior. A sua personalidade é cada vez mais vincada. O seu corpo continua a mudar. E, acima de tudo, ainda cabe no meu colo. 
Na sua nuca encontro o cheiro a bebé de outros tempos e isso basta-me. Não a quero mais pequena, muito menos que o tempo volte atrás. Tenho ainda tanto para lhe mostrar e tanto dela que quero conhecer. Devagar, ao ritmo dos nossos dias. 
E entre algumas traquines e teimosias (dizem que eu era igual), todos os dias continuo a deitar na cama a criança mais doce que alguma vez conheci. Apenas porque é a minha. E por isso o que os outros dizem pouco importa. Até porque ela já me confidenciou baixinho:
"Mamã, não te preocupes, eles não sabem o que é o amor."
Hoje a casa está em festa. É o dia mais feliz do ano. É bom demais ser a mãe desta filha saborosa. E que, acredito, irá caber sempre no meu colo.

Many people tell me that the best times have passed.
So many people tell me that "from now is different."
I respond with silence as I change subject. They don't know what they're talking about.
Since the day my daughter was born, each new day is better than the last. Her personality is becoming more marked. Her body continues to change. And above all, she still fits on my lap.
In the back of her head there's still the smell of a baby and that's enough for me. I don't want her to be younger, or to go bakc in time. I still have so much to show her and so much to learn from her. Slowly, at our days rythm.
And among some stubbornness (some say I was just like her), I still lay in bed, every day, the sweetest child I have ever known. Just because she is mine. What others say doesn't matter. Especially because she has confided to me:
"Mom, don't worry, they don't know what love is."
Today there's a party in the house. It's the happiest day of the year, for us. It's too good to be the mother of this adorable daughter. And I truly believe, she will always fit on my lap.

2 comentários:

  1. Parabéns, muitos parabéns e muitos anos de felicidade nessa alegria conjunta que vos enche o coração. Ela tem razão, quem diz uma coisa dessas não sabe o que é o amor…


    Beijinhos à familia toda, um dia hiper-mega-super feliz ;-)

    xxx

    ResponderEliminar
  2. Oh, adorei este post! Ainda não tenho filhos, mas penso tanto como tu! :)
    Um dia feliz para a pequena e para a famºilia toda. Que os festejos se prolonguem todos os dias, porque serão todos dias felizes.

    ResponderEliminar

Com tecnologia do Blogger.
Design + development by MunichParis Design