x

Mar sonoro


"Mar sonoro, mar sem fundo, mar sem fim.
A tua beleza aumenta quando estamos sós
E tão fundo intimamente a tua voz
Segue o mais secreto bailar do meu sonho.
Que momentos há em que suponho
Seres um milagre criado só para mim."
Mar Sonoro, Sophia de Mello Breyner Andresen

Nesta manhã, achei mesmo que era só para mim este mar. Se a vida é feita de escolhas, assumi a minha: entrei no areal. Resisti à vontade de olhar para o relógio e, no que pareceram dois segundos, estava no extremo oposto, na zona dos pescadores. O barco que antes era uma silhueta negra encheu-se de cores. O seu nome eram dois "Rita e Carolina". Cumprimentei-o, admirei-o e voltei para casa com a sensação de ter feito um amigo.
Bom fim de semana.


EN
This morning, I thought the ocean was made for me. If life is made of choices, I assumed mine and entered the beach. I resisted the urge to look at the clock and in what seemed like two seconds, I was at the opposite end, in the fishermen's zone. The boat that was once a black silhouette was now filled with colors. It had two names "Rita and Carolina". I greeted him, admired him, and returned home with the feeling of having made a friend.
Have a great weekend.

Sem comentários:

Enviar um comentário

Com tecnologia do Blogger.
Design + development by MunichParis Design