x

Óbidos - passear num postal


Educar pressupõe uma dose de tirania q.b. 
Para quem, como eu, tantas vezes defende o mimo como base de uma boa relação com mãe-filho, a frase pode soar estranha. Passo a explicar. 
Obviamente não devemos oprimir os nossos pequenotes mas eu acho que devemos abusar do nosso poder, enquanto pais. É mais fácil deixá-los agarrados a um ecrã, quase mudos e praticamente imóveis mas eu prefiro ouvir um "És má!" e não ceder a esse facilitismo. Até porque, segundos depois, regresso ao estatuto de melhor mãe do mundo.

Nas dunas ao lado de nossa casa ou num passeio mais distante, acho importante explorar a curiosidade dela acerca da região e país onde vive. Cortar-me-ia o coração se ela achasse que para ver coisas novas tinha de usar um avião. Valorizar o que é nosso, enquanto país, a nossa história, geografia ou cultura, pode ser uma aventura muito divertida para a criançada. 

O regresso a Óbidos não foi planeado mas acabou por ser o expoente máximo de um tranquilo passeio de fim de semana. Subir uma muralha, passear por ruas coloridas e ver os pais brindar com uma chávena de chocolate é algo que não acontece todos os dias e poderá tornar-se uma memória inesquecível.

Bom fim de semana.


2 comentários:

Com tecnologia do Blogger.
Design + development by MunichParis Design