A minha primeira serigrafia

Sabem, decidi que quero ser artista. Acho que depois quero desenvolver este assunto convosco mas não agora. Hoje queria apenas partilhar convosco a primeira camada de cor da minha primeira serigrafia "a sério". Uau, que emoção ver aquele rosa ser impresso. Quase chorei. Não estou a brincar. Podia ficar a olhar ao pormenor para esta impressão durante três dias... ou quatro. Não consigo evitar. Emociona-me a cor, emociona-me o cheiro forte a diluente. Emociona-me até não querer saber das unhas que deixei, finalmente, de roer e que andam frescas e "au naturel" há já uns meses. Às tantas desenvolvo esse tema também numa outra altura. Voltemos à serigrafia.
Estou a desenvolver o processo mais puro e duro desta técnica. Não há tintas à base de água, é tudo feito à base de diluente e muitos desperdícios. Blue Spirit e tintas misturas em cima da mesa, num processo de tentativa-erro que me deixa muito feliz. É também um processo demorado que parte de um desenho base mas que nos surpreende a cada etapa. Ando mesmo feliz e ansiosa por ver o resultado final, ao mesmo tempo que absorvo a aprendizagem de cada etapa, num estado de delírio sem fim por estar no meio de tintas, mãos sujas e roupa pintalgada. Provavelmente o meu habitat natural. 

4 comentários

  1. Serigrafia soa-me sempre a artista profissional. Palmas para ti! Estou tão curiosa em ver os resultados finais. Please continua a partilhar... este ano é só novidades, ando aqui empolgadíssima a acompanhar. :)

    ResponderEliminar
  2. Ai... isto não é fácil! Espero corresponder a essas expectativas. Ando muito entusiasmada também, só espero concretizar todas as ideias, ou pelo menos a maioria.

    Sim, fica por aí para eu não sentir que escrevo e só oiço o meu ECO Eco eco

    ResponderEliminar

Com tecnologia do Blogger.