O Gerês em desenhos


Foram apenas quatro dias mas a sensação foi de uma semana num lugar longínquo. Um retiro familiar onde pouco mais fizemos do que Comer, Desenhar e Amar (não resisti à piada forçada). Nos intervalos, caminhamos pelo Parque Nacional da Peneda Gerês, ao qual não precisamos de grande motivo para voltar. 
Mostramos à nossa filha vestígios de uma estrada romana, fotografamos e conversamos sobre a lagarta do pinheiro, e até demos um salto a Espanha para tomar banho em piscinas ao ar livre com água muito quente, vinda lá das profundezas da Terra. 
O bloco de desenho veio cheio. As malas (sim, plural) com comida regressaram vazias. 
Até já, Gerês.


2 comentários